NA HISTÓRIA : Inspirações contra o Londrina

O Brasil estreia na Série B na próxima sexta-feira (28), às 16h, no Bento Freitas, pela primeira partida geral do campeonato deste ano. O adversário é propício: o Londrina, que forma com o Xavante um verdadeiro clássico do Sul brasileiro nos últimos anos.

Leandrão escreveu seu nome na história com o triplete em 28/06 de 2015
Foto: Carlos Insaurriaga/GE Brasil

No Bento Freitas, grande lembrança é a vitória por 3×0 na Série B de 2018. Mas uma que ninguém esquece é ainda pela Série C de 2015. O atacante Leandrão comandou a virada-relâmpago com três gols matinais na Baixada. O Xavante perdia por 1×0 e virou para 3×1. No retrospecto, o Brasil levou a melhor contra os paranaenses nas Séries D e C, mas por Série B a vantagem é do Londrina, que venceu todas no estádio do Café.

Cajá para abrir o meio campo?

Caprini e Mossoró fecharam com o Londrina para Série B. E o conhecido Renato Cajá? Seria uma boa para o Brasil? O meio-campista de 36 anos, natural das Cajazeiras, na Paraíba, de onde Renato Adriano Jacó Morais herdou o apelido, disputou o Campeonato Paulista pela Ferroviária. Ele subiu com o Juventude na última Série B do Campeonato Brasileiro. Pelo Esmeraldino da serra, foram 53 jogos e 12 gols marcados, em duas temporadas. É um armador de cacife para a segunda divisão nacional.

Coritiba, Goiás e Botafogo já cresceram olho em Cajá anteriormente
Foto: Arthur Dallegrave/EC Juventude

Cajá passou também por Grêmio, Botafogo, Bahia, Ponte Preta e Goiás. Ou seja, acostumado a utilizar camisas que envergam varal. Para o setor de meio campo, hoje o técnico Claudio Tencati conta com o jovem Paulo Victor, emprestado pelo Atlético Mineiro, e Gabriel Terra, também ex-Juventude, que se lesionou no Gauchão e volta agora para Série B.

Renato Cajá conquistou muitos acessos na carreira: dois pela Ponte Preta, um pelo Goiás e um pelo Bahia. Foram dois com o Juventude e, no último, ajudou como o atleta mais presente em campo, com 34 partidas disputadas na Série B. A pedida salarial dele é alta e o Brasil negocia para tentar contar com o atleta.

REFORÇOS: volante Denilson, ex-São Paulo, Arsenal da Inglaterra e Cruzeiro já foi anunciado oficialmente. O atacante Ramon também foi confirmado na terça-feira (25). Zagueiro Arthur e atacante Welinton Torrão do Cruzeiro já treinam com o grupo, assim como o lateral-esquerdo Kevin.

Atacante Luiz Fernando, de 23 anos, vindo da Tombense, foi o último nome descoberto pela imprensa. A Tombense já o havia emprestado para Democrata-GV, Paraná e Taubaté. Ele está na cidade e realiza exames médicos para ser anunciado oficialmente pelo Xavante.

Deixe um comentário

Converse conosco!
Carrinho
  • Nenhum produto no carrinho.
%d blogueiros gostam disto: