Brasil tem possibilidades para mudar ataque diante do Remo

Por: Henrique König

Após empatar com o Londrina por 0x0, o Xavante do técnico Claudio Tencati está em preparação para enfrentar o Remo, pela 2ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O duelo ocorre no sábado (5), às 19h. A disputa ocorrerá no estádio Evandro Almeida, o famoso “Baenão”, casa centenária do Clube do Remo.

As dúvidas maiores ficam para o setor de ataque, já que a defesa parece mais consolidada à essa altura. O lateral-esquerdo Kevin teve boa entrada diante do Londrina e disputa posição com o remanescente Artur. A dupla de volantes deve permanecer, a princípio, com Romulo e Bruno Matias.

Ramon deve iniciar o jogo na vaga de Junior Viçosa

Na frente, Tencati tem um bom leque de opções. Pode manter a escalação inicial com o meia Paulo Victor, com Netto, Jarro e Junior Viçosa, mas o meia Gabriel Terra e os atacantes Fabricio, Cristian e Ramon entraram para bagunçar a defesa do Londrina na etapa final da estreia. Além desses nomes, os atacantes Welinton Torrão e Luiz Fernando já estão regularizados. O meia Lucas Santos é a expectativa para entrar para o BID. Caso não esteja à disposição, deve iniciar sua trajetória no Xavante a partir da 4ª rodada, já que na terceira o Brasil enfrenta o Vasco, clube detentor do garoto.

Entre as dúvidas, uma possível disputa entre Paulo Victor e Gabriel Terra pela entrada no meio, com a camisa 10; a possibilidade de Ramon iniciar o jogo na vaga de Junior Viçosa e também Fabricio, em disputa de posição com Netto. Outra opção é iniciar com Gabriel Terra centralizado e Paulo Victor pela ponta, sem Netto. O combatente Jarro também não tem lugar cativo.

O Brasil deve viajar somente na sexta-feira pela manhã para Belém do Pará, ou seja, na véspera da partida. Enquanto isso, o adversário jogou pela

Copa do Brasil na noite de quarta-feira, quando enfrentou o Atlético Mineiro, pela ida da 3ª fase.

Deixe um comentário

Converse conosco!
Carrinho
  • Nenhum produto no carrinho.
%d blogueiros gostam disto: