Brasil desperdiça oportunidade de pontuar em Maceió

Xavante perde para o CRB e vê zona de rebaixamento se reaproximar neste início de Série B do Brasileirão

Por: Henrique König

O Xavante acabou derrotado pela 6ª rodada da Série B do Brasileiro. Com muitos desfalques, o Brasil foi derrotado pelo xará, o CRB, pelo placar de 2×1, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Diego Torres abriu o placar em cobrança de pênalti no fim do primeiro tempo. Na etapa final, o volante Rômulo aproveitou o escanteio da direita e deixou tudo igual para os gaúchos: 1×1. Mas, logo em seguida, a vitória do Galo alagoano foi garantida com gol de Erik, recém-ingresso na equipe de Allan Aal.

Com os três pontos somados, o CRB é 6º colocado com 10 pontos na tabela da Série B. O Xavante fica perigosamente próximo da zona de rebaixamento. É 15º colocado, com 5 pontos, através de uma vitória, dois empates e três derrotas. Na próxima rodada, joga em casa, na sexta-feira (25), diante da então lanterna Ponte Preta, às 19h, no estádio Bento Freitas.

O JOGO

A primeira etapa foi bastante morna em Maceió. O Brasil estava cheio de desfalques. Paulo Victor e Junior Viçosa recém entram no retreinamento, após a covid-19. Os atacantes Luiz Fernando, Welinton Torrão e Jarro permaneceram cortados, por diferentes motivos médicos. Gabriel Terra acabou expulso na vitória sobre o Goiás e cumpriu suspensão. O volante Gabriel Pierini jogou a partida, reforçando a marcação, com Rômulo e Bruno Matias.

Quem retornou foi Ícaro na zaga. Mas o companheiro de zaga de Ícaro, o experiente Leandro Camilo acabou atropelando o jogador adversário no fim do primeiro tempo. Pênalti marcado contra o Brasil e um cartão amarelo até barato para o zagueirão. Diego Torres cobrou para fazer 1×0 aos alagoanos.

ETAPA FINAL

Para o segundo tempo, o Brasil voltou com a troca: Camilo saiu e o zagueiro Héverton veio compor a dupla com Ícaro. Aos 13’ do segundo tempo, Alisson Farias de fora da área tentou o ângulo e Matheus Nogueira fez uma linda defesa, colocando para escanteio.

O Brasil empatou em um escanteio na direita. Jogada ensaiada com a cobrança de Bruno Matias, Rômulo apareceu de elemento-surpresa, finalizou na primeira, Diogo Silva fez milagre, mas a bola se ofereceu de novo para Rômulo não desperdiçar: 1×1 no placar, aos 19 minutos.

Xavante perde para o CRB e vê zona de rebaixamento se reaproximar neste início de Série B do Brasileirão

Mas não demorou para o CRB novamente colocar na rede. Em jogada de Vitão, foi Erik quem fez o dele, fazendo valer as mudanças do jovem técnico Allan Aal. Aos 24 minutos, alagoanos de novo na frente do marcador.

Aos 31’, boa trama do CRB e a finalização de Renan Bressan foi pela linha de fundo. O Brasil mudou com a entrada do lateral Kevin mais adiantado no campo. Gabriel Pierini e o amarelado com cartão Bruninho ficaram mais para a contenção, com a saída de Rômulo para o banco. No ataque, Matheuzinho também ingressou, na vaga do camisa 16 Fabricio.

Mas logo Claudio Tencati mudou de ideia e Wesley entrou no lugar de Bruninho para evitar uma expulsão do volante. Também impondo ritmo de jogo para Wesley, já que Bruninho está suspenso e não enfrenta a Ponte Preta na próxima. Era o Xavante ainda em busca do gol de empate em Maceió.

Do lado do CRB, o ex-xavante Carlos Jatobá entrou no meio de campo no lugar de Jean Patrick. Era o técnico Allan Aal querendo segurar qualquer ímpeto rubro-negro.

Artur cruzou da esquerda e Matheuzinho finalizou para grande defesa de Diogo Silva, espalmando a bola aos 42 minutos. Na cobrança do escanteio, o toque de cabeça de Ramon foi pela linha de fundo. Mas o centroavante foi deslocado pelo zagueiro adversário no lance e poderia ter sido marcado o pênalti para o Rubro-Negro, ignorado pelo árbitro paranaense Leonardo Zanon.

FICHA TÉCNICA: CRB 2×1 BRASIL

CRB: Diogo Silva; Celsinho, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei), Jean Patrick (Carlos Jatobá), Reginaldo, Hyuri (Vitão), Diego Torres (Renan Bressan) e Alisson Farias (Erik). Técnico: Allan Aal.

BRASIL: Matheus Nogueira; Vidal (Thallys), Leandro Camilo (Héverton), Ícaro e Artur; Rômulo (Kevin), Bruno Matias (Wesley), Gabriel Pierini, Lucas Santos, Fabricio (Matheuzinho) e Ramon. Técnico: Claudio Tencati.

  • ÁRBITRO: Leonardo Zanon (PR)
  • GOLS: Diego Torres e Erik (CRB) | Rômulo (BRA)
  • Partida válida pela 6ª rodada da Série B do Brasileiro, disputada no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Deixe um comentário

Converse conosco!
Carrinho
  • Nenhum produto no carrinho.
%d blogueiros gostam disto: